segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Peixes bons e ruins

Às vezes fico pensando o porquê de tantas pessoas abandonarem a fé cristã no meio do caminho, sendo que elas passarão pelo mesmo processo de conversão que aqueles que estão firmes passarão. Existe uma parábola onde Jesus compara o Reino do Céu a uma grande rede de pesca (Mt 13, 47-50) quando a rede é lançada todo tipo de peixes e outras coisas são apanhadas então os pescadores separam os bons dos ruins, os bons eles colocam em uma cesta e os ruins são jogados fora, Jesus diz que no fim os anjos farão o mesmo eles separarão os justos dos injustos, infelizmente sempre haverá na Igreja aqueles que ficarão no meio do caminho, outros aqueles que são o joio (Mt 13, 24-30) ficarão junto com o trigo até a vinda do Senhor, isso não significa que aqueles que ficarão no meio do caminho e que aqueles que são joios já estão predestinados para a perdição, pois ainda é tempo daqueles que são joios se arrependerem e através da obra transformadora de Cristo tornar-se trigos.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

PECADO E OBEDIÊNCIA

Quando alguém for tentado, jamais deverá dizer: "Estou sendo tentado por Deus". Pois Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. (Tg 1:13) O fato de sermos cristão nascidos de novo não nos faz livres das tentações, isso fica bem claro nas epistolas paulinas onde o Apostolo Paulo em varias ocasiões diz pra os cristãos fugirem do pecado, Fujam da imoralidade sexual. Todos os outros pecados que alguém comete, fora do corpo os comete; mas quem peca sexualmente, peca contra o seu próprio corpo. (1 Co 6:18), Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade (Ef 4:31), Entre vocês não deve haver nem sequer menção de imoralidade sexual nem de qualquer espécie de impureza nem de cobiça; pois estas coisas não são próprias para os santos. Não haja obscenidade nem conversas tolas nem gracejos imorais, que são inconvenientes, mas, ao invés disso, ação de graças. Porque vocês podem estar certos disto: nenhum imoral nem impuro nem ganancioso, que é idólatra, tem herança no Reino de Cristo e de Deus. Ninguém os engane com palavras tolas, pois é por causa dessas coisas que a ira de Deus vem sobre os que vivem na desobediência. (Ef 5:3-6), se Deus nos livra-se da oportunidade de pecar nossa obediência não teria valor. Ele não é o causador da tentação, mas permite que passem pelas que podemos suporta, dois homens na bíblia retratam bem isso José e Sansão os dois tiveram a oportunidade de pecar, mas cada um tomou uma decisão diferente José recusou deita-se com a esposa de seu senhor e, depois de certo tempo, a mulher do seu senhor começou a cobiçá-lo e o convidou: "Venha, deite-se comigo!” Mas ele se recusou e lhe disse: "Meu senhor não se preocupa com coisa alguma de sua casa, e tudo o que tem deixou aos meus cuidados. Ninguém desta casa está acima de mim. Ele nada me negou, a não ser a senhora, porque é a mulher dele. Como poderia eu, então, cometer algo tão perverso e pecar contra Deus?” Assim, embora ela insistisse com José dia após dia, ele se recusava a deitar-se com ela e evitava ficar perto dela. Um dia ele entrou na casa para fazer suas tarefas, e nenhum dos empregados ali se encontrava. Ela o agarrou pelo manto e voltou a convidá-lo: "Vamos, deite-se comigo!” Mas ele fugiu da casa, deixando o manto na mão dela. (Gn 39:7-12), José foi para na prisão mais o Senhor não se esqueceu dele e anos depois ele tornou ser Governado do Egito, já Sansão acabou escolhendo o pecado o que provocou sua própria ruína [...] ele se apaixonou por uma mulher do vale de Soreque, chamada Dalila. (Jz 16:4) Por isso ele lhe contou o segredo: "Jamais se passou navalha em minha cabeça", disse ele, "pois sou nazireu, desde o ventre materno. Se fosse rapado o cabelo da minha cabeça, a minha força se afastaria de mim, e eu ficaria tão fraco quanto qualquer outro homem". Quando Dalila viu que Sansão lhe tinha contado todo o segredo, enviou esta mensagem aos líderes dos filisteus: "Subam mais esta vez; pois ele me contou todo o segredo". Os líderes dos filisteus voltaram a ela levando a prata. Fazendo-o dormir no seu colo, ela chamou um homem para cortar as sete tranças do cabelo dele, e assim começou a subjugá-lo. E a sua força o deixou. Então ela chamou: "Sansão, os filisteus o estão atacando!” Ele acordou do sono e pensou: "Sairei como antes e me livrarei". Mas não sabia que o Senhor o tinha deixado. Os filisteus o prenderam, furaram os seus olhos e o levaram para Gaza. Prenderam-no com algemas de bronze, e o puseram a girar um moinho na prisão. (Jz 16:17-21), triste fim teve Sansão um homem que teve tudo para viver uma vida reta diante de Deus, a historia desses dois homens nos mostram como é importante ser obediente, que em nós aja a mesma obediência de Cristo Jesus, que foi obediente ate a morte e morte de cruz.